SUECO TOMAS TRANSTROMER GANHA PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA

Publicado originalmente no portal GLOBO.COM:

 

06/10/2011 08h01 – Atualizado em 06/10/2011 09h55

O poeta sueco Tomas Tranströmer foi anunciado na manhã desta quinta (06) como o escolhido para receber o prêmio Nobel de Literatura 2011. O anúncio da premiação do escritor de 80 anos, que é natural de Estocolmo, provocou comoção na pequena plateia que acompanhava a cerimônia na mesma cidade.

O poeta sueco Tomas Tanströmer, anunciado nesta quinta-feira (6) vencedor do Nobel de Literatura, posa para foto em sua casa, em Estocolmo, na Suécia (Foto: AP)O poeta sueco Tomas Tranströmer, anunciado nesta quinta (6) vencedor do Nobel de Literatura (Foto: AP)

O representante do comitê disse que Tranströmer foi premiado porque “através de suas imagens condensadas e translúcidas, ele nos oferece um novo acesso à realidade”. O sueco figurava entre os favoritos para o prêmio deste ano.

Além de passar a integrar o rol de vencedores do prêmio, ele recebe medalha, diploma e o prêmio de 10 milhões de coroas suecas, o equivalente a R$ 2,7 milhões. A cerimônia de premiação acontece em dezembro.

Obra
Um dos poetas mais importantes da Suécia, Tanströmer nasceu em 1931 e lançou sua primeira obra, “17 dikter” (“17 poemas”), em 1954. Ele estudou psicologia e poesia  na Universidade de Estocolmo.

Sua obra foi traduzida para mais de 50 idiomas, e inclui títulos como “The great enigma: new collected poems”, “The half-finished heaven”, “For the living and the dead”, “Baltics”, “Windows and stones”.

Antes do Nobel, Tanströmer já havia sido premiado com o Aftonbladets Literary Prize for Literature, o Oevralids Prize, entre outros.

 

PREMIO NOBEL DE LITERATURA SERÁ ANUNCIADO NA PRÓXIMA QUINTA-FEIRA

Estamos torcendo, descaradamente, pelo americano PHILIP ROTH


O Estado de S. Paulo – 04/10/2011 – Por Redação

A Academia Sueca divulgou ontem que o novo ganhador do Nobel de Literatura será conhecido na quinta-feira, a partir das 8 horas (Brasília). No ano passado, o vencedor foi o peruano Mario Vargas Llosa. Para este, as apostas continuam firmes sobre a vitória ou do poeta sírio Adonis, ou do israelense Amós Oz, ou ainda de um entre os americanos Joyce Carol Oates, Philip Roth e Cormac McCarthy – todos costumam figurar na lista de candidatos a cada ano.

 

Mario Vargas Llosa Receberá Título de Marques da Espanha

Llosa receberá honraria por sua "extraordinária contribuição à língua espanhola"

O rei Juan Carlos concedeu o título de marquês ao escritor hispano-peruano Mario Vargas Llosa, segundo publica nesta sexta-feira o Diário Oficial espanhol.

O monarca justificou a concessão ao Nobel de Literatura por sua “extraordinária contribuição, apreciada universalmente”, à literatura e à língua espanholas.

Vargas Llosa, de 74 anos, tem nacionalidade espanhola, concedida em 1993, embora mantenha também a peruana em virtude do convênio bilateral de dupla nacionalidade de 1959.

Em 10 de dezembro, o escritor recebeu do rei Carl Gustav da Suécia a medalha e o diploma que lhe credenciam como Prêmio Nobel de Literatura 2010.

Mario Vargas Llosa, agradeceu nesta sexta-feira o gesto do rei Juan Carlos I da Espanha de conceder-lhe o título de marquês, mas esclareceu que nasceu plebeu e morrerá plebeu.

“É um gesto muito carinhoso, eu agradeço ao rei e à Espanha e, ao mesmo tempo, quero dizer que eu nasci plebeu e vou morrer plebeu”, declarou com bom humor à emissora RPP, de Lima.