Juddá Samuel

Juddá SamuelJuddá Samuel é o pseudônimo adotado por um poeta do sertão baiano que preza pelo anonimato. É da curta e estreita Travessa Tiradentes, onde reside na sua cidade natal. Nela, ele lança as sementes metaforizadas em versos, colhidas de “Bagos”, nem sempre maduros e doces, mas às vezes encontrados verdoengos, sentidos com travo e cica…Contato: dasilvaedacosta@gmail.com
É um artista versátil (com tendência conservadora); muito à vontade, cria versos modernos, porém, volta e meia, visita a medida velha, forja sonetos em versos decassílabos heróicos, alexandrinos clássicos, ou ainda, epigramas, rendondilhas, etc. Trabalha a rima, preferindo-as ricas e preciosas; tudo pela musicalidade das palavras. Deveras dotado de sensibilidade para perceber a presença da poesia em objetos/situações, é um profícuo e compulsivo criador. Busca ser lírico e até romântico, mas prefere ser cômico e irônico, inclinado a diatribes. Tentamos. assim, revelar um pouco das características da arte e da pessoa de Juddá Samuel, o que pode ser melhor verificado com a leitura de seus versos. Contato: dasilvaedacosta@gmail.com

Exibindo um único resultado